NAUFRAGÉ(S)

2016 / / 80' / / Drama, Comédia / / Versões: Francês / Português / Espanhol

Naufragé(s) conta a história de um artista que usa a ficção para melhorar sua própria biografia; Através da criação de um monólogo ele decide contar a mais bela história de amor que o mundo jamais conheceu: a que ele mesmo viveu. Usando acontecimentos geneticamente modificados e verdades adulteradas, o ator faz de tudo para abrilhantar sua fábula de amor de modo que ela possa integrar o hall dos grandes clássicos do gênero. Porém, para amenizar a solidão que supõe a criação de um monólogo, ele recorre a uma série de procedi- mentos como conversar com sua própria voz gravada ou fazer sessões intermináveis de karaokê para se sentir acompanhado de uma orquestra. Mas percebendo o desastre evidente de seus métodos, o artista toma uma decisão que lhe fará perder o domínio de sua própria criação: contrata um garoto de programa que lhe faça companhia durante todo o espetáculo. 9a produção do Teatro de Açúcar, Naufragé(s) fala da necessidade do amor, da idealização de uma vida perfeita, e do organismo próprio que uma obra de arte adquire, cuja força é capaz de detonar o domínio aparentemente irrevogável do criador. Naufragé(s) abala as fronteiras entre o biográfico e o fictício, e ancora sua dramaturgia num jogo narrativo embebido em poesia e humor, onde é impossível distinguir realidade e ficção. 

* Naufragé(s) é uma produção do Teatro de Açúcar e La Comédie de Saint-Étienne - C.D.N (França), em co-produção com o Festival Internacional de Teatro de Brasília Cena Contemporânea

Ficha Técnica:

Texto e Direção:
Gabriel F. 

Assistência de Direção:
Luiza Guimarães

Interpretação:
Gabriel F. e Gaspard Liberelle

Direção Artística e Música Original:
Marco Michelângelo

Direção Técnica e Iluminação:
Cristina Libertad Bolívar

Coreografia:
Igor Calonge

Cenografia e Figurino:
Teatro de Açúcar

Fotografia:
Diego Bresani

Programação Visual:
Luisa Malheiros

Confecção Cenográfica:
La Comédie de Saint-Étienne

Produção:
Teatro de Açúcar e La Comédie de Saint- Étienne, C.D.N

Co-produção:
Festival Internacional de Teatro de Brasília - Cena Contemporânea

Direção de Produção:
Juliana Cury

Apoio:
L’École de la Comédie de Saint-Étienne, DIESE # Auvergne – Rhône-Alpes / L’Ambassade de France au Brésil / L’ Alliance Française – Brasília / Cielo rasO / Dantzagunea – Diputación Foral de Gipuzkoa

2016 © Teatro de Açúcar